O Apostolado da Oração oferece aos fiéis um programa de espiritualidade apostólica cujo o centro é o Sacrifício Eucarístico.

Horários:

Missa toda primeira a definir

Os Compromissos do Apostolado da Oração:

  • Rezar todos os dias
  • Oferecimento do dia pelas intenções da igreja que o Vaticano nos propõe no bilhete mensal que recebemos da coordenadora todo início do mês
  • Reza do terço por essas intenções ou uma dezena
  • Fazer a entronização da imagem do coração de Jesus e a consagração às famílias, primeiro nas casas dos membros que já pertencem ao A.O. depois os que pretendem pertencer, empresas e escolas, etc.

Saiba mais sobre o Apostolado da Oração:

O Apostolado da Oração constitui uma associação de fiéis que, pelo oferecimento diário de si mesmos unidos ao sacrifício eucarístico e pela união vital com Cristo, colaboram na salvação do mundo. Conseguem esse objetivo por meio do seguinte programa:

  • Participação vital no Mistério Eucarístico
  • Culto ou espiritualidade do Coração de Cristo
  • Preocupação de sentir com a Igreja
  • Assídua oração apostólica
  • Amor e devoção a Nossa Senhora

A devoção ao Sagrado Coração de Jesus iniciou-se ao pé da cruz no momento em que o soldado com uma lança perfurou lhe o lado abrindo seu Coração.

O Apostolado da Oração teve seu início na França em uma casa de estudos em Vals, perto de Le Puy. Os estudantes de teologia e filosofia, presos em seus livros e temas escolares indóceis, tinham anseio de realizar algum apostolado direto nas paróquias junto ao povo.

Inspirado pelo Espírito Santo, no dia 3 de dezembro de 1844, o Pe. Francisco Xavier Gautrelet, jesuíta, lançou essa luminosa idéia, de oferecer seus trabalhos, estudos, sacrifícios e alegrias, em espírito apostólico. E assim nasceu o Apostolado da Oração.

No Brasil o primeiro centro do Apostolado da Oração foi fundado 30 de junho de 1867, no Recife, na Igreja da Santa Cruz.

Consagração ao Sagrado Coração de Jesus

No dia de nossa consagração ao Sagrado Coração de Jesus, recebemos indulgência plenária ou parcial. Mas para isso é necessário estar em estado de graça, ou seja, ter realizado confissão, comunhão, uma oração na intenção do papa e exclusão de todo apego ao pecado.

Neste dia, os membros do AO recebem a fita, que é o sinal do Sagrado Coração (sua cor vermelha representa o sangue, a vida de doação plena que o Senhor entregou por cada um de nós) e a Medalha, que tem o Sagrado Coração de Jesus de um lado e o Coração de Maria do outro, com objetivo de nos lembrar que temos um Pai e uma Mãe que nos abençoa. Além disso, recebem o Bentinho símbolo do AO, onde está gravado “Venha a nós o Vosso Reino”.

Os membros do apostolado da oração têm dever de estar inserido nas outras pastorais e movimentos da comunidade para que, com nossa oração, sejamos o alicerce.